Atenção

Reescrevendo histórias

1 minuto de leitura
Projeto que será realizado pela ADRA, em parceria com o Ministério Público do Trabalho e outras entidades do Pará, busca tirar jovens e adolescentes da criminalidade

Foi inaugurada nesta segunda-feira, 27 de março, em Belém (PA), a estrutura que será usada pelo projeto Reescrevendo Nossa História. Resultado de uma parceria entre a Agência Adventista de Desenvolvimento e Recursos Assistenciais (ADRA), o Ministério Público do Trabalho (MPT) e outras entidades do Pará, o programa pretende atender egressos do sistema socioeducativo. No espaço cedido por um ex-detento que se tornou empresário bem-sucedido, a agência humanitária adventista irá oferecer cursos de corte e costura, cabeleireiro, manicure, serviços elétricos, prática de esportes e atendimento psicossocial. A expectativa é atender 600 meninos e meninas ao longo deste ano. Os recursos para manter o projeto virão da verba que o MPT arrecada com o descumprimento de acordos feitos para reduzir as irregularidades, além do apoio da Federação dos Empresários Adventistas do Estado. [Equipe RA, da Redação / Com informações e foto de Anne Seixas, da ASN]

Última atualização em 16 de outubro de 2017 por Márcio Tonetti.

Sobre Da redação

Da redação
Equipe RA

Veja Também

Nem só de pão

Os benefícios do jejum, que vão além dos aspectos espirituais e físicos, precisam ser redescobertos e reivindicados pelos cristãos.