Crescimento líquido do número de adventistas foi de 3,55% na América do Sul em 2014

1 minuto de leitura

Número de batismos vem aumentando nos últimos anos, mas os elevados índices de apostasia deixam um sinal de alerta

Foto: Reprodução ASN
Foto: Reprodução ASN

O crescimento líquido do número de adventistas na América do Sul foi de 3,55% em 2014. Os dados foram divulgados nesta terça-feira, 27 de janeiro, pela sede sul-americana da organização. O balanço da Secretaria Executiva envolve oito países (Brasil, Uruguai, Argentina, Paraguai, Chile, Peru, Bolívia e Equador). Segundo o relatório, 233.481 pessoas passaram a fazer parte da denominação no ano passado. O montante engloba novos conversos, pessoas que foram rebatizadas e ainda aqueles que passaram a fazer parte oficialmente do corpo de membros por profissão de fé.

Os dados da Secretaria também apontam que o número de batismos vem aumentando nos últimos anos. Na comparação com 2012, quando foram registrados 222.204 batismos, o percentual de crescimento foi de 5,1%. Esse é um dos principais indicadores do ingresso de novos fieis.

Por outro lado, o relatório emite um sinal de alerta. No ano passado, houve perda de 153.178 fieis. Embora muitos deles deixem de constar na relação de membros ativos por desaparecimento, mais da metade (80.303) saiu por apostasia.

Para ler a notícia na íntegra, clique aqui.

Última atualização em 16 de outubro de 2017 por Márcio Tonetti.

Sobre Da redação

Da redação
Equipe RA

Veja Também

Modelos de liderança

Livro reflete sobre o papel do pastor e do ancião no cumprimento da missão adventista.