Assistência aos órfãos

1 minuto de leitura
Da esq. para a dir.: Sergio Reis, diretor do Proasa, Mayara Rocha, primeira-dama do Governo do Distrito Federal, e Luigi Braga, advogado da sede sul-americana da igreja. Foto: Gustavo Leighton

Uma parceria entre o Programa Adventista de Saúde (Proasa) e a Secretaria de Desenvolvimento Social do Governo do Distrito Federal irá atender crianças e adolescentes cujas mães foram vítimas de feminicídio e outras formas de violência de gênero. O projeto prevê apoio psicológico e psiquiátrico semanal para esses menores. Diferentes abordagens serão utilizadas, envolvendo especialistas em traumas e grupos terapêuticos. Os primeiros passos do projeto foram dados em agosto e as tratativas devem avançar em questões relativas à infraestrutura, organização dos sistemas de controle e cadastro, entre outros aspectos administrativos. Em um primeiro momento, os beneficiados serão os moradores de Brasília e demais regiões administrativas. [Com informações de Felipe Lemos, do Portal Adventista]

Sobre Da redação

Da redação
Equipe RA

Veja Também

Recuperação da aprendizagem

Professor compartilha anseios experimentados durante a quarentena e desafios das escolas no retorno às aulas presenciais.