Lembranças de San Antonio

2 minutos de leitura
Igreja deve buscar o reavivamento, o poder do Espírito Santo e o cumprimento da missão
Muitos chegaram preocupados diante da complexidade de alguns temas, mas saíram convencidos de que Deus está no comando da igreja. Créditos da imagem: Leônidas Guedes
Muitos chegaram preocupados diante da complexidade de alguns temas, mas saíram convencidos de que Deus está no comando da igreja. Créditos da imagem: Leônidas Guedes

Ainda são fortes as lembranças da 60ª Assembleia da Associação Geral, realizada em San Antonio, Estados Unidos, no início de julho (para ter acesso à cobertura completa do evento feita pela Revista Adventista, clique aqui). Foram dez dias de reuniões intensas, decisões importantes e convívio com irmãos e irmãs de todo o mundo. Um verdadeiro festival de roupas típicas, idiomas, sons e culturas.

Foi impressionante o movimento dos 2.571 delegados (272 sul-americanos), familiares e convidados especiais. No último sábado, dia da grande celebração, o auditório recebeu cerca de 65 mil pessoas. Muitos chegaram preocupados diante da complexidade de alguns temas, além das eleições da liderança da Associação Geral e das Divisões mundiais, mas saíram seguros de que Deus está no comando de sua igreja.

Os debates foram intensos, especialmente quando foi apresentada a proposta de reavaliação do texto de nossas 28 crenças fundamentais, com destaque para as que tratam de nossa visão sobre a família e o criacionismo. Na verdade, houve apenas uma atualização da linguagem, mas foi o suficiente para provocar temor em alguns e agitação em outros.

Mais tensa ainda foi a discussão sobre a ordenação de mulheres ao ministério pastoral. Depois de estudos nos últimos cinco anos, foi apresentada uma proposta para que cada Divisão decidisse sobre o assunto. Houve um dia inteiro de observações até o momento da votação. Tudo foi feito com muita solenidade, cânticos e oração. Após a contagem e recontagem dos votos, a proposta não foi aprovada. Diante disso, o tema da ordenação ministerial segue sem alterações.

Sei que a questão é polêmica e divide opiniões, mas não podemos gastar nossas energias prolongando a discussão. Vamos colocar o foco no reavivamento da igreja, na busca pelo poder do Espírito Santo e no cumprimento da missão. Independentemente da ordenação ministerial, as mulheres continuarão sendo protagonistas em cada uma dessas áreas.

Foi igualmente marcante acompanhar a eleição da liderança mundial. O pastor Ted Wilson foi escolhido para mais um período como presidente,
G. T. Ng continua na função de secretário e Juan Prestol é o novo tesoureiro.

O pastor Magdiel Perez, até então secretário da Divisão Sul-Americana, foi escolhido para ser o assistente do presidente mundial, e o pastor Almir Marroni, um dos vice-presidentes da nossa Divisão, foi eleito diretor do Ministério de Publicações da Associação Geral.

A equipe da sede sul-americana também teve alterações, e você pode acompanhar mais detalhes nesta edição. A secretaria será liderada pelo pastor Edward Heidinger, até então presidente da União Peruana do Norte, e a tesouraria pelo pastor Marlon Lopes, que já ocupava a função. Eu recebi, com muito respeito e gratidão, a oportunidade de continuar como presidente da Divisão por mais cinco anos. Sigo em frente disposto a fazer mais e melhor para que a igreja continue integrada, sólida e voltada para a missão, crescendo em quantidade e qualidade.

Daqui para frente, vamos intensificar o investimento no discipulado, com foco em comunhão, relacionamento e missão; em projetos para as novas gerações; no envolvimento de cada membro na missão, com base nos dons espirituais; no fortalecimento de nossos veículos de comunicação e na formação ministerial. Avançaremos com dedicação, integração e consagração, e para isso contamos com suas orações.

Saindo de San Antonio, observei as ruas vazias e o local de reuniões fechado, depois de tanto movimento. Minha última lembrança foi de um lugar em que os anjos trabalharam intensamente, o Espírito Santo atuou poderosamente e a igreja saiu mais forte.

ERTON KÖHLER é presidente da Igreja Adventista para a América do Sul

Última atualização em 16 de outubro de 2017 por Márcio Tonetti.

Sobre Erton Köhler

Erton Köhler
Secretário executivo da sede mundial da Igreja Adventista.

Veja Também

Página virada

Uma reflexão sobre a transição na liderança da igreja na América do Sul.