Atenção

Auxílio para refugiados

1 minuto de leitura
Crédito Fabrycio Gomes
Cerca de 6,5 toneladas de alimentos foram doadas para haitianos e venezuelanos (crédito Fabrício Gomes)

Estima-se que a campanha Mutirão de Natal arrecadou em 2016 cerca de 5 mil toneladas de alimentos e beneficiou 160 mil pessoas. Entre os favorecidos estão grupos que têm convivido com a incerteza. São os refugiados haitianos e venezuelanos que procuram nos Estados de Roraima e Amazonas uma nova perspectiva de vida. Fugindo de crises geradas por desastres ambientais e políticas econômicas, eles encontraram apoio nos adventistas brasileiros. Em dezembro, 4,5 toneladas foram distribuídas para venezuelanos que se refugiam em Roraima e mais 2 toneladas para uma comunidade haitiana que foi atendida ao longo do ano pela igreja em Manaus (AM). “Nunca pensei que pudéssemos um dia ser acolhidos com tanto amor e cuidado por pessoas de outra nação. Aqui recebemos alimento e atenção. Que Deus continue a abençoar o povo brasileiro e a Igreja Adventista”, agradeceu emocionado o haitiano Arole Joseph. Um panorama geral do projeto deste ano você confere na versão impressa da Revista Adventista de janeiro (Equipe RA, da redação / Com informações de Luciana Santana).

Última atualização em 16 de outubro de 2017 por Márcio Tonetti.

Sobre Márcio Tonetti

Avatar
Editor associado da Revista Adventista

Veja Também

Inteligência artificial

Como os “robôs” têm ajudado no atendimento à crescente demanda por estudos bíblicos durante a pandemia.