Atenção

Estratégia multimídia

2 minutos de leitura

Encontro mundial de comunicadores adventistas mostra a diversidade de meios que têm sido utilizados para espalhar nossa mensagem

Márcio Tonetti

Transmitido em quatro idiomas (inglês, espanhol, português e francês)o GAiN virtual teve quase 3 mil inscritos de 113 países. Imagem: GAiN

A comunicação adventista avançou e se diversificou muito na última década. Essa é a impressão que temos ao acompanhar o GAiN (Global Adventist Internet Network), evento que em 2020 foi realizado virtualmente de 30 de novembro a 3 de dezembro. Há tantas iniciativas surgindo que já se pensa em promover edições mais frequentes, provalmente a cada três meses e on-line. É o que adiantou durante o evento o pastor Williams Costa Jr., líder do departamento de Comunicação da sede mundial.

Uma das novidades apresentadas foi o aplicativo MeetUp, mídia social adventista que tem apoiado, inclusive, o trabalho de plantio de igrejas em Manila, nas Filipinas, e a plataforma centerforonlineevangelism.org, que tem ajudado a capacitar missionários digitais. Outra ferramenta que esteve na vitrine do GAiN foi o site VividFaith.com, serviço que começou a ser testado em maio e que apresenta oportunidades de trabalho nas missões mundiais. Em breve também será lançado o projeto Deep Vision, ambiente virtual que poderá ser utilizado para oferecer cursos e mentoreamento educacional e espiritual.

De certo modo, a crise sanitária acabou acelerando alguns processos que já vinham sendo implementados, como o setor de distribuição de conteúdos digitais do Hope Channel, que tem sido estratégico nesse momento. Novos investimentos têm sido feitos no campo audiovisual em várias ­regiões do mundo. Na Romênia, o Hope Discovery está apostando em uma técnica de produção de vídeos para o YouTube que consiste em ensinar a Bíblia utilizando recursos gráficos modernos.

Porém, uma das maiores produções apresentadas nesta edição do GAiN foi o projeto Uncertainty (Incertezas), que envolve mais de 30 produções e materiais desenvolvidos ao longo de nove meses. Além de um curta-metragem, um documentário e um livro, será disponibilizada uma série de dez histórias gravadas em dez países (uncertaintyproject.org). Parte desse conteúdo já está disponível na plataforma feliz7play.com.

Ministérios coordenados por voluntários de igrejas locais também foram destacados, a exemplo do Hope Lives 365. Há cerca de sete anos, o jovem Matt Gray, engenheiro de tráfego aéreo e membro da comunidade adventista que o pastor Mark Finley frequenta, nos Estados Unidos, decidiu começar a gravar os sermões que o evangelista fazia naquela congregação e usar técnicas de “otimização” para impulsionar esses conteúdos no YouTube. Resultado: alguns desses vídeos já registram quase 1 milhão de visualizações!

Outra novidade foi o lançamento da segunda versão do jogo Heroes. Foram liberados 10 mil downloads para essa fase de testes nos sistemas operacionais Android e iOS (clique aqui). Agora, além de responder aos desafios do jogo, os usuários podem “perguntar” aos heróis bíblicos a respeito das dúvidas espirituais mais procuradas na internet. O Heroes II vem acompanhado de uma série de 20 estudos bíblicos adaptados para os gamers.

Além de falar de inovação, também houve espaço para refletir sobre o futuro da comunicação. Sem dúvida, ele será cada vez mais digital e robotizado, mas há coisas que as máquinas nunca poderão fazer. Isso desafia a igreja a investir em tecnologia sem “desumanizar” o evangelismo.

MÁRCIO TONETTI é editor associado da Revista Adventista

(Matéria publicada na edição de janeiro de 2021 da Revista Adventista)

Última atualização em 7 de janeiro de 2021 por Márcio Tonetti.

Sobre Márcio Tonetti

Avatar
Editor associado da Revista Adventista

Veja Também

Batismo em massa no arquipélago

Série de pregações on-line resultou em milhares de decisões nas ilhas caribenhas.