Atenção

Livraria no centro histórico

2 minutos de leitura
Casa Publicadora Brasileira inaugura filial em ponto estratégico de Salvador

Inauguração da livraria da CPB em Salvador - foto 1

As origens do bairro de Nazaré, no centro de Salvador, capital da Bahia, remontam ao século 17, quando a região começou a ser ocupada por ocasião da invasão holandesa. Próximo ao Pelourinho e de outros pontos conhecidos do Centro Histórico de Salvador, Nazaré é o endereço de importantes instituições baianas, como igrejas e conventos, o Fórum de Justiça Ruy Barbosa, a Escola Bahiana de Medicina e a Biblioteca Infantil Monteiro Lobato. As tradições estão presentes em um estilo arquitetônico inconfundível, com referências do período colonial português, do modernismo, da cultura art déco, do estilo neoclássico, entre outros. É assim, buscando o equilíbrio entre o passado e o futuro, que Nazaré se abre para novidades como a moderna livraria da Casa Publicadora Brasileira, inaugurada neste domingo, 6 de dezembro, em uma cerimônia prestigiada por autoridades religiosas, funcionários da CPB e simpatizantes da literatura produzida pela editora adventista.

Situada na Avenida Joana Angélica, eixo central do bairro de Nazaré, a livraria da Casa vem sendo idealizada há mais de um ano. O estilo arquitetônico moderno, com um interior clean e acolhedor, foi elogiado por todos os que participaram da cerimônia. Jesuíno Gomes da Silva foi o primeiro a fazer compras na nova livraria e se mostrou impressionado com a nova estrutura. “Estou acostumado a caminhar pelo centro de Salvador e gosto muito de frequentar livrarias, algumas bastante modernas. Estava sentindo falta de um espaço assim para nossos livros, e agora vejo com emoção este prédio e agradeço a Deus porque aqui vai ser uma casa para mim”, disse o pastor aposentado, enquanto escolhia o livro Adventismo, de George Knight, e a assinatura da lição da Escola Sabatina como as primeiras compras da nova livraria.

Estiveram presentes na cerimônia de inauguração o pastor José Carlos de Lima, diretor geral da CPB, o pastor Erton Köhler, presidente da Igreja Adventista do Sétimo Dia para a América do Sul, o pastor Geovani Queiroz, líder da Igreja Adventista para Bahia e Sergipe, e outras lideranças e assessores dessas instituições. Logo após descerrar a fita inaugural, os líderes visitaram juntamente com os convidados as dependências da nova filial da editora. “Salvador precisava de um ambiente como este. E é com alegria que inauguramos, para servir melhor a população de Salvador e também servir de testemunho do evangelho que pregamos e da fé que possuímos”, disse o pastor Lima.

VEJA A GALERIA COM IMAGENS DA INAUGURAÇÃO

O pastor Erton Köhler salientou a beleza da nova estrutura e reafirmou a missão das instituições que representam a Igreja Adventista. “Podemos dizer que essa é uma das igrejas mais bonitas da região, e é uma igreja em formato de livraria. Há um ambiente de paz, as pessoas são bem recebidas, e eu desejo que todos entrem aqui e sintam que estão num lugar melhor”, declarou o líder sul-americano.

Inauguração da livraria da CPB em Salvador - foto 9Logo após a cerimônia de dedicação da livraria, os participantes celebraram a realização de 100 mil assinaturas da lição da Escola Sabatina, uma conquista protagonizada por seguidores da Igreja Adventista nos estados da Bahia e de Sergipe. Em uma ação simbólica, o pastor Köhler assinou um banner representativo da lição de número 100 mil. A assinatura foi doada para Edson Sales, que foi batizado na Igreja Adventista durante a recente campanha evangelística de novembro. “Nós estamos felizes porque baianos e sergipanos estão entendendo que precisamos ter pressa para evangelizar e para conhecer mais a Bíblia, e em 2016 nós estaremos novamente juntos para realizar 144 mil assinaturas da lição da Escola Sabatina”, afirmou o pastor Geovani Queiroz.

HERON SANTANA é assessor de Comunicação da Igreja Adventista para os Estados da Bahia e Sergipe

Última atualização em 16 de outubro de 2017 por Márcio Tonetti.

Sobre Márcio Tonetti

Avatar
Editor associado da Revista Adventista

Veja Também

Inteligência artificial

Como os “robôs” têm ajudado no atendimento à crescente demanda por estudos bíblicos durante a pandemia.