Apoio à liberdade religiosa

1 minuto de leitura

Governador mexicano manifesta apoio ao trabalho da igreja em defesa da liberdade religiosa

Durante uma reunião com Ganoune Diop (à esquerda), diretor do departamento de Liberdade Religiosa e Relações Públicas da sede mundial adventista, o governador do Estado do México, Eruviel Ávila Villegas (ao centro), prometeu apoiar os esforços da Igreja Adventista do Sétimo Dia para promover a liberdade religiosa e os programas sociais no país. Durante o encontro, realizado no dia 22 de janeiro, o líder do estado mais populoso do México reconheceu o papel da igreja na promoção dos direitos humanos, bem como sua atuação nas áreas da saúde e educação. O governador agradeceu Diop por seu trabalho global em defesa da liberdade religiosa e descreveu-o como “um homem que promove a paz e que desenvolve alianças para fazer o bem e apoiar aqueles que mais precisam”. O diálogo com lideranças políticas mexicanas sucedeu o primeiro congresso de liberdade religiosa promovido pelos adventistas na Cidade do México.

Para saber +

Apesar de as leis do país assegurarem a liberdade de crença, no mapa da intolerância religiosa divulgado pela organização internacional Portas Abertas no mês de janeiro o México aparece como o 40º da lista dos 50 países onde seguir a Cristo pode custar a vida (veja o infográfico aqui). Segundo a ONG, um dos motivos da perseguição aos cristãos nesse território é a atuação das igrejas no combate ao uso de drogas, o que tem despertado a oposição de organizações criminosas. [Márcio Tonetti, equipe RA / Com informações de Bettina Krause/Adventist Review]

Última atualização em 16 de outubro de 2017 por Márcio Tonetti.

Sobre Márcio Tonetti

Avatar
Editor associado da Revista Adventista

Veja Também

Batismo em massa no arquipélago

Série de pregações on-line resultou em milhares de decisões nas ilhas caribenhas.