Construção sustentável

1 minuto de leitura
Foto: reprodução do site da Adventist Review

Em novembro, a ADRA, agência humanitária adventista, inaugurou um novo centro comunitário em Nouakchott, capital da Mauritânia, no norte da África. Em vez de utilizar tijolos ou blocos de concreto, o prédio de três andares, totalizando 180 m², foi construído com 34 mil garrafas plásticas cheias de areia. A construção ecológica, que custou 117 mil dólares, foi patrocinada pela ADRA Internacional e a ADRA da Bélgica. O espaço abrigará equipamentos médicos para atenção primária à saúde, um centro multimídia e salas para aprendizado de idiomas, costura e bordados, além de uma biblioteca. [Márcio Tonetti, equipe RA / Com informações de Njock David Vivien e Abraham Bakari]

Sobre Márcio Tonetti

Avatar
Editor associado da Revista Adventista

Veja Também

Declaração de consenso

Documento formulado em simpósio teológico sul-americano reafirma a interpretação adventista do livro de Daniel.