Método pioneiro

1 minuto de leitura
Foto: Adventist Record

Hospital Adventista de Sydney, na Austrália, está apostando em um novo procedimento cirúrgico para tratar casos de hiperplasia prostática benigna, ou próstata aumentada, como também é chamada a doença que afeta aproximadamente metade dos homens com mais de 50 anos. Considerado pioneiro no país, o método implantado pelo urologista Henry Woo (na foto, à dir.) utiliza um dispositivo que ajuda a remodelar a uretra e, ao mesmo tempo, evita problemas colaterais como a disfunção sexual. [Com informações de Leisa O’Connor / Adventist Record]

Última atualização em 29 de dezembro de 2020 por Márcio Tonetti.

Sobre Márcio Tonetti

Avatar
Editor associado da Revista Adventista

Veja Também

Primeiro impacto

Casa Publicadora Brasileira dá a largada para a campanha de distribuição de literatura deste ano.