Missão com propósito

3 minutos de leitura

O sonho de participar de uma nova realidade passa pelo projeto missionário de Deus

contentA missão está no coração de Deus. Ele é o maior missionário do mundo, sempre em busca de pessoas para o reino. Não é um missionário de escritório, mas das ruas, avenidas, cidades, selvas e praias. Deus vai aonde as pessoas estão para que elas estejam onde ele está. Deus investiu tudo na missão, dando o que tinha de melhor. Conforme disse um grande apóstolo em terras africanas, David Livingstone, “Deus tinha um único Filho e fez dele um missionário”, o melhor de todos, o mais inspirador, o modelo definitivo.

E Cristo passou esse legado a você ao dizer: “Vá!” Você já teve a curiosidade de observar o tema recorrente no fim dos quatro evangelhos e no início de Atos? É a missão pelo poder do Espírito. Para comprovar, leia Mateus 28:18-20; Marcos 16:15-20; Lucas 24:48, 49; João 20:21, 22; Atos 1:4-8. Se “todo verdadeiro discípulo nasce no reino de Deus como um missionário”, conforme disse Ellen White (Serviço Cristão, p. 9), você não tem a opção de não se envolver.

O propósito de Cristo é alcançar o mundo inteiro por meio de nós, o que inclui as 305 etnias indígenas do Brasil, como retrata a matéria de capa desta edição. Para escrevê-la, o editor Márcio Tonetti passou alguns dias na região central do país, visitando índios e constatando o que o evangelho pode fazer na vida das pessoas dos lugares mais remotos. Mesmo tendo que mudar a rota e rodar centenas de quilômetros a mais, na companhia do pastor Miraldo Fag-tanh Oliveira, devido a um bloqueio das estradas, o que forçou a troca de voo, Márcio voltou feliz por ver que a missão está conquistando novas fronteiras.

Antes de enviar você para a missão, Deus deu provas de que é o maior missionário

Ao anunciar seu plano para a evangelização do mundo (Mt 28:18-20), Jesus sugeriu seu escopo inclusivo, marcado pela repetição das palavras “todas/todos”: (1) ele tem toda autoridade, (2) em todos os lugares (Céu e Terra), (3) para fazer discípulos de todas as nações, (4) batizando-os no nome de todas as pessoas da Divindade, (5) ensinando todas as coisas e (6) tendo sua presença e seu poder durante todos os tempos.

Na visão de Jesus, a missão deveria ter início em Jerusalém, alcançar a Judeia, passar por Samaria e chegar aos “confins da Terra” (At 1:8). Note o alcance cada vez maior do empreendimento, mostrando que Deus deseja incluir todos no seu círculo de amor. Essa ampliação do olhar missionário também ocorreu no início do movimento adventista, o que indica que o Espírito sempre amplia os horizontes.

Naturalmente, para cumprir a missão, precisamos estar cheios do Espírito Santo, tema de outra matéria desta edição. O Espírito cruza fronteiras, constrói pontes, conecta pessoas, capacita os missionários, purifica os motivos, potencializa as iniciativas, transforma o ambiente e torna Cristo real. Missão sem o Espírito é o mesmo que pipa sem vento, lâmpada sem energia, carro sem combustível. Ao contrário, quando o Espírito age, coisas espetaculares acontecem.

Muitos sonham com a vinda de Cristo e o início de uma nova realidade. Porém, não se envolvem com a coisa mais óbvia para que isso aconteça. Ora, Jesus não voltará enquanto a salvação não for anunciada a todos os povos. O clímax da história depende da missão: “E este evangelho do reino será pregado em todo o mundo como testemunho a todas as nações, e então virá o fim” (Mt 24:14). A boa notícia é que isso acontecerá quer participemos, quer não. A palavra “será” mostra que o sucesso da missão é incondicional.

Quando os discípulos quiseram discutir sobre o futuro em seu último encontro com o Mestre (At 1:6-8), Jesus dirigiu o foco para o poder do Espírito Santo e o tema da missão. “Não lhes compete saber os tempos [chronoi, tempo no sentido cronológico] ou as datas [kairoi, tempo no sentido qualitativo, com ênfase no que vai acontecer] que o Pai estabeleceu pela sua própria autoridade [exousia]”, ele disse. Então acrescentou: “Mas receberão poder [dynamis, força, capacidade] quando o Espírito Santo descer sobre vocês, e serão minhas testemunhas [martyres, aqueles que confirmam o que viram] em Jerusalém, em toda a Judeia e Samaria, e até os confins da Terra.” [Imagem: Fotolia] Participe da missão de Deus e seus sonhos serão realizados mais cedo!

MARCOS DE BENEDICTO é editor da Revista Adventista

Última atualização em 16 de outubro de 2017 por Márcio Tonetti.

Sobre Marcos De Benedicto

Marcos De Benedicto
Editor da Revista Adventista

Veja Também

Recortes do cotidiano

O segredo das parábolas de Jesus e do poder das histórias.