Envolva-se!

3 minutos de leitura

A igreja viva é caracterizada por movimento e atividade

Stanley Arco

Crédito da imagem: Associação Geral

Ezequiel foi chamado por Deus quando era cativo na Babilônia. Exerceu seu ministério profético por 22 anos. No significado de seu nome, “Deus fortalecerá”, é representado o propósito do Senhor para a vida dele. Sua missão ecoa a missão de Cristo. Ambos foram chamados para profetizar aos 30 anos. Ambos eram sacerdotes e intercessores, ensinavam por parábolas e enfatizavam a ressurreição e a vida eterna.

Em Ezequiel 37 é relatada a visão dos ossos secos espalhados no vale, sem chance de ressurreição. Não foi uma visão agradável: esqueletos amontoados pela planície aberta, ossos descorados e ressecados pelo sol. Os ossos secos representam a maioria dos que fazem parte do povo de Deus. A condição deles é de desânimo, mornidão e morte espiritual. Não estão comprometidos com a missão.

“Porei em vocês o Meu Espírito, e vocês viverão”, disse Deus (Ez 37:14). A palavra hebraica ruach, traduzida como “vento” e “espírito”, representa a energia divina. Ao soprar o fôlego de vida nas narinas de Adão, Deus não somente transmitiu o oxigênio que encheu os pulmões dele, mas possibilitou que o tecido inanimado se tornasse um corpo vivo (Comentário Bíblico Adventista, v. 4, p. 771).

Nossa maior doença é o pecado e o melhor remédio é a renovação espiritual. Ellen White escreveu: “Aqueles aos quais foram confiados os tesouros da verdade e que estão mortos em delitos e pecados necessitam ser criados novamente em Cristo. […] Quando o poder transformador de Deus vier sobre os membros, isso se manifestará através da atividade” (Ministério Pastoral, p. 155-156).

Nossa maior doença é o pecado e o melhor remédio é a renovação espiritual

Muitos membros tentam realizar o ministério por suas próprias forças, usando seus próprios métodos. Porém, isso não funciona. “Não é o instrumento humano que deve infundir vida. O Senhor, Deus de Israel, fará essa parte, avivando a natureza espiritual sem vida e pondo-a em atividade. O fôlego do Senhor dos Exércitos precisa penetrar nos corpos inanimados” (E Recebereis Poder, p. 47).

Precisamos de reavivamento e reforma. “Reavivamento significa renovação da vida espiritual, um avivamento das aptidões da mente e do coração, uma ressurreição da morte espiritual. Reforma significa uma reorganização, mudança nas ideias e teorias, nos hábitos e nas práticas” (Eventos Finais [CPB, 2021], p. 118).

Em poucos dias terá início a assembleia mundial da igreja, em St. Louis (EUA). Será a 61ª edição desse evento da Associação Geral. É a nossa maior e mais representativa reunião, em que 2.713 delegados representarão os 21.852.721 adventistas e as 166.499 igrejas e congregações de todo o mundo.

O tema da Assembleia (“Jesus Está Voltando! Envolva-se!”) reflete nossa crença na breve volta de Cristo e enfatiza nossa participação ativa na preparação para esse evento glorioso. Isso envolve entregar completamente nossa vida a Deus, conectar-nos diariamente com Ele por meio do estudo da Bíblia e da oração, servir em amor e, cheios do Espírito, proclamar as três mensagens angélicas, conforme sublinhou o pastor Ted ­Wilson, presidente mundial da igreja.

Vamos suplicar pelo derramamento do Espírito Santo. Oremos para que a igreja mundial seja reavivada e trabalhe integrada, sob a orientação do Consolador, para concluir a missão do remanescente de Deus. Jesus Está Voltando. Envolva-se! Eu vou. Vamos?

STANLEY ARCO é presidente da Igreja Adventista para a América do Sul

(Artigo publicado na seção Bússola da Revista Adventista de junho de 2022)

Última atualização em 14 de junho de 2022 por Márcio Tonetti.

Sobre stanleyarco

stanleyarco
Presidente da Igreja Adventista para a América do Sul

Veja Também

Mensagem para nossos dias

Por que o livro O Grande Conflito precisa ter ampla circulação.