Planos para você

3 minutos de leitura

Deus está presente na sua vida, por mais difícil e escura que seja

Stanley Arco

Foto: Adobe Stock

Estamos vivendo dias muito difíceis, ainda sob os efeitos da pandemia, que, no momento em que escrevo, já infectou 261.878.129 pessoas e produziu 5.219.785 mortes. A economia mundial retrocedeu 9,6 % e o desemprego aumentou. Segundo a ONU, houve um agravamento dramático da fome mundial, com mais de 800 milhões de pessoas sem comida. A evasão escolar está muito grande. Os convênios de saúde tiveram aumento de despesas em mais de 5.000%. A OMS alertou sobre o risco de novas ondas.

Tudo isso representa desafios para os diversos segmentos da sociedade, incluindo a igreja. A Bíblia não nos assegura vida fácil. O próprio Jesus enfrentou o sofrimento e disse: “No mundo, vocês passam por aflições” (Jo 16:33). Porém, o Salvador completou a frase com um toque vitorioso: “mas tenham coragem: Eu venci o mundo”. Na igreja, igualmente enfrentamos desafios, porém com vitórias.

A igreja tem trabalhado para aliviar o sofrimento. Só no Mutirão de Páscoa e do Natal, foram arrecadados 4.619.662 quilos de alimentos para socorrer 1.141.500 pessoas. Milhares foram assistidos emocionalmente por professionais da saúde. Pela plataforma E-class, 7,5 milhões de aulas foram ministradas pela Educação Adventista. A Novo Tempo triplicou o número de lições bíblicas estudadas. As visualizações de nossos conteúdos nas mídias tiveram grande aumento. Notamos um crescimento do interesse espiritual na igreja.

Apesar das dificuldades, confiamos plenamente na direção divina. “‘Porque sou Eu que conheço os planos que tenho para vocês’, diz o Senhor, ‘planos de fazê-los prosperar e não de lhes causar dano, planos de dar-lhes esperança e um futuro’” (Jr 29:11, NVI). “Deus não conduz jamais Seus filhos de maneira diferente da que eles escolheriam se pudessem ver o fim desde o princípio, e discernir a glória do propósito que estão realizando como Seus colaboradores”, afirma Ellen White (A Ciência do Bom Viver, p. 479).

Em relação a 2022 e ao futuro, não há o que temer, pois Deus oferece a garantia de que estará lá

A grande lição aprendida na pandemia é a da dependência de Deus. Ele continua no comando do mundo. Seu caráter amoroso é a garantia de que agirá sempre em nosso favor. “O fato de Deus ser amor também implica que não houve nem haverá tempo em que Ele não foi ou não será amor” (Comentário Bíblico Adventista [CPB, 2015], v. 7, p. 733).

Na virada do ano, muitos repetem a frase daquela antiga música: “Muito dinheiro no bolso, saúde para dar e vender”. Para muita gente, prosperidade é isso, mas para Deus é uma vida de felicidade, realização, serviço e fé, amando o Senhor sobre todas as coisas e o próximo como a si mesmo, tendo a certeza da eterna glória ao Seu lado.

O maravilhoso texto de Jeremias fala de esperança e futuro. Temos certeza de que Deus está ao nosso lado e a vitória será garantida diariamente. Em relação a 2022 e ao futuro, não há o que temer, pois Deus oferece a garantia de que estará lá.

Quando seu filho Edson completou 19 anos, Ellen White escreveu-lhe uma tocante carta que serve para nossa reflexão (ver Testemunhos Seletos, v. 1, p. 239-245). “Finda hoje outro ano da sua existência. […] Acaso você tem feito progresso na vida religiosa? Tem crescido na espiritualidade Tem crucificado o eu? Tem crescido em interesse no estudo da Palavra de Deus? Já obteve decisivas vitórias sobre seus próprios sentimentos e caprichos?”, a pioneira questionou. E qual seria a nossa situação?

O plano divino é a nossa prosperidade espiritual. Eu vou cumprir na minha vida os planos de Deus. E você?

STANLEY ARCO é presidente da Igreja Adventista para a América do Sul

(Texto publicado na seção Bússola da Revista Adventista de janeiro de 2022)

Sobre stanleyarco

stanleyarco
Presidente da Igreja Adventista para a América do Sul

Veja Também

Envolva-se!

A igreja viva é caracterizada por movimento e atividade.