Galeria de arte

2 minutos de leitura

Leve, atual e inspirador, lançamento apresenta a beleza de histórias paralelas da Bíblia

Vinícius Mendes
Foto: Divulgação CPB

A Bíblia é a galeria de arte de Deus. Nela o grande Artista expõe Sua obra e revela Seu plano de amor em quadros cheios de verdade e beleza. É possível perceber as digitais do Mestre e enxergar Seu retrato escondido no jogo de luzes e sombras da revelação. Composto em cerca de 1.600 anos, com a participação de 40 autores, o livro sagrado preserva sua autenticidade, expõe de modo fidedigno os fatos e permite conhecer o que Deus quis revelar sobre Si. Tudo isso com excelente gosto artístico.

Uma das maneiras de se perceber a coerência de todo o texto bíblico e sua beleza literária é estudá-lo prestando atenção às histórias em paralelo. É maravilhoso se dar conta, por exemplo, de como a vida de Isaque e José antecipam elementos da vida de Cristo. Olhando da perspectiva dos paralelos bíblicos parece que esses personagens estão na frente do espelho refletindo a existência uns dos outros.

Traços de Deus (CPB, 2020, 184 p.) é fruto de um olhar apaixonado pela beleza dos paralelos bíblicos. Milton Andrade relata que seu fascínio por eles vem desde a infância. “Como personagens que viveram em épocas tão distantes e distintas podiam ainda ‘conversar’ a respeito de suas similaridades e diferenças?”, ele se questiona desde pequeno. Segundo o autor, a existência de paralelos tão perfeitos nas Escrituras só foi possível pelo fato de Deus ser a mente que esboçou e pincelou os traços de Seu gênio poderosamente criativo na mente de profetas/artistas imperfeitos.

Em cada capítulo, Traços de Deus de Deus dá acesso a uma exposição espelhada de duas vidas, distanciadas pelo tempo, mas unidas por semelhanças e diferenças

Essa simbiose entre a sabedoria divina e a mente humana resultou na explosão de beleza e sublimidade do texto sagrado. Esse quadro expõe histórias que se entreolham e dialogam sem ser repetitivas. Em cada capítulo, Traços de Deus dá acesso a uma exposição espelhada de duas vidas, distanciadas pelo tempo, mas unidas por semelhanças e diferenças.

Porém, o olhar atento do autor para o texto bíblico não o distrai da realidade contemporânea e dos dilemas que seus leitores possam enfrentar. Isso permite que os observadores dessa “galeria artística” tenham a opção de sair da passividade e se ver retratados também nas imagens expostas em cada quadro paralelo.

Escrito da perspectiva de alguém que ama as Escrituras, Traços de Deus certamente beneficiará quem compartilha da mesma paixão. Esse material será útil para momentos de devoção pessoal e para inspirar pregadores a expor a beleza da ­obra-prima de Deus. Em conjunto, os paralelos desse livro mostram um lindo quadro de amor pintado com sangue. Uma das mais belas telas dessa exposição revela o apaixonante tema de um reencontro: a volta do Noivo e a festa gloriosa de um casamento aguardado ansiosamente há muito tempo.

TRECHO

“Podemos comparar a Bíblia a uma grande obra de arte que harmoniza perfeitamente os detalhes, luzes e sombras, proporcionando beleza e emoção ao longo de suas páginas” (p. 6).

VINÍCIUS MENDESpastor e mestre em Teologia, é editor de livros na CPB

Sobre Vinícius Mendes

Vinícius Mendes
Editor associado na Casa Publicadora Brasileira

Veja Também

Veredito favorável

Doutrina adventista sobre o juízo investigativo é defendida de modo consistente e claro.